Seja bem vindo

O objetivo deste blog é criar um espaço para o compartilhamento de experiências de vida. Acreditando na necessidade de expressão do homem e sabendo que na atualidade todos querem falar e poucos são os ouvintes.

Quando compartilhamos, além de exercitarmos o diálogo, muitas vezes, descobrimos que não somos os únicos a possuir certas opiniões ou vivermos determinados conflitos ou circunstâncias.

VAMOS COMPARTILHAR:

SONHOS, FRUSTRAÇÕES, FÉ, SEXUALIDADE, DICAS DE LAZER, VIDA PROFISSIONAL, MÚSICAS E TUDO QUE POSSAMOS RETER ALGO DE BOM.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

VERDADES QUE APRENDI.

Depois de algum tempo você aprende a diferença,
a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma
E você aprende que amar não significa apoiar-se,
e que companhia nem sempre significa segurança.



E começa a aprender que beijos não são contratos
e presentes não são promessas.

E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante,
com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

E aprende a construir todas as suas estradas no hoje,
porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos,
e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.
E aprende que não importa o quanto você se importe,
algumas pessoas simplesmente não se importam...

E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa,
ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso.

Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se leva anos para se construir confiança
e apenas segundos para destruí-la,
e que você pode fazer coisas em um instante,
das quais se arrependerá pelo resto da vida.

Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer
mesmo a longas distâncias.

E o que importa não é o que você tem na vida,
mas quem você tem na vida.

E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.
Aprende que não temos que mudar de amigos
se compreendemos que os amigos mudam,
e percebe que seu melhor amigo e você
podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida
são tomadas de você muito depressa,
por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas.
Pode ser a última vez que as vejamos.

Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós,
mas nós somos responsáveis por nós mesmos.

Começa a aprender que não deve se comparar com os outros,
mas como melhor que você pode ser.

Descobre que leva muito tempo para se tornar a pessoa que se quer ser,
e que o tempo é curto.

Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo,
mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve.

Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão,
e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade,
pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação,
sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer,
enfrentando as conseqüências.

Aprende que paciência requer muita prática.
Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai
é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve
e o que você aprendeu com elas
do que com quantos aniversários você celebrou.

Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.

Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens,
poucas coisas são tão humilhantes
e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva,
mas isso não te dá o direito de ser cruel.

Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame,
não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode,
pois existem pessoas que nos amam,
mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.

Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém,
algumas vezes você tem que aprender a perdoar a si mesmo.

Aprende que com a mesma severidade com que julga,
você será em algum momento condenado.

Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido,
o mundo não pára para que você o conserte.

Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.

Portanto, plante seu jardim, decore sua alma,
em vez de esperar que alguém lhe traga flores.

E você aprende que, realmente pode suportar...
que realmente é forte,
e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não agüenta mais.

E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!

"Nossas dádivas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar,
se não fosse o medo de tentar."

WILLIAM SHAKESPEARE


Sempre fui apaixonado por esse texto, sem querer dizer heresias, na minha opinião essas verdades deveriam está escritas nos livros sagrados.  Um dia o Senhor me levou para o meu quarto e me fez refletir sobre muitas coisas através deste legado. Oito anos depois, hoje, ao reler, simplesmente sinto que naquele momento Deus já preparava meu coração para a dor e a delícia de crescer. E faço dessas palavras, a sintese das muitas verdades que apredi.
Mesmo que com certo custo...

Godofredo Pacheco Arduini Junior   

domingo, 17 de outubro de 2010

CEARÁ realmente MUSIC.



Finalmente. O evento cearense fez valer o nome adotado há 10 anos. Durante todo esse período o Ceará Music tentou de todas as formas inovar, surpreender e fazer história em nossa cidade. Pobre Fortaleza, tão fraca perante a mídia e tão pequena no mapa. A capital do Ceará. O Estado alvo de preconceito por seu sotaque, seu histórico de fome e miséria. O nordeste do terceiro mundo! Quem poderia imaginar um CEARÁ MUSIC. Dois nomes tão distantes em realidade. Ceará: sinônimo de sertão. MUSIC: palavra que significa simplismente música, mas que nessa nomenclatura tem um estilo todo norte-americano. 
No início do ano já havia cogitações da possível apresentação de um dos maiores grupo da música pop internacional. THE BLACK EYED PEAS era uma promessa e se tornou realidade na noite de 15 de outubro de 2010. Quem diria! O "ceará" se tornou realmente "music". Se você estava lá, vai concordar comigo, caso o contrário vim compartilhar um pouco deste espetáculo:
Para começo de conversa BLACK EYED PEAS já inicia sua grande aula, de como se faz um show, com pontualidade britânica. Às 23:00hs eles mostraram com quantas horas se faz um espetáculo. A apresentação teve duração de 2:20hs.  Até 1:20hs da manhã nossos olhos estavam fixos em cada detalhe, em cada efeito, em cada movimento. O figurino era impecável, o repertório então, atendeu 100% das expectativas mais exigentes. 
" A ENERGIA NUNCA MORRE" é o nome do albúm do grupo, o que demostrou de fato o que é manter o público acesso e sem nenhum declive.  Do início ao fim era impossivel ficar parado e não reconhecer cada surpresa preparada para o início da turnê pela América Latina.
A performance toda inspirada no futuro, que provavelmente muitos de nós nem viveremos,  fez-nos ver o  quanto ainda temos que evoluir para sermos chamado de geração futuro.   

Aos apaixonados pela música, assim como eu, o evento também ofereceu uma estrutura que também mereçe os meus parabéns. Agora assim, claro que na vida tudo tem seu preço e seu valor. Quem esteve disposto a pagar mais caro para ter um visão privilegiada, com certeza não se arrependeu. O Front Stage definitivamente ficou com a melhor fatia do bolo. E eu claro, que não como migalhas, só quero o bolo inteiro (rsrs!) aplaudi de perto o som das minhas músicas favoritas: Don’t Phunk With My Heart, Meet Me Halfway, Hey Mama, Pump It, Fergalicious e Glamorous. Entre todos os outros grandes sucesso da banda.
Agora tenho a certeza que Fortaleza está no mapa. E que a música tem seu espaço em meio a ditadura do forró.

Parabéns Ceará Music,
.                                                      Parabéns Black Eyed Peas!!!!!!


Godofredo Pacheco Arduini Junior.

sábado, 16 de outubro de 2010

MÁRIO QUINTANA



A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.

Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado...
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas...
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo...
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.

( Mário Quintana )

terça-feira, 21 de setembro de 2010

O TEMPO QUE PASSOU


Eu me lembro com saudade
O tempo que passou
O tempo passa tão depressa
Mas em mim deixou
Jovens tardes de domingo
Tantas alegrias
Velhos tempos
Belos dias
Canções usavam formas simples
Pra falar de amor
Carrões e gente numa festa
De sorriso e cor
Jovens tardes de domingo
Tantas alegrias
Velhos tempos
Belos dias
Hoje os meus domingos
São doces recordações
Daquelas tardes de guitarras
Sonhos e emoções
O que foi felicidade
Me mata agora de saudade
Velhos tempos
Belos dias


A noite do dia 19 de setembro de 2010, na atual Igreja Cristã Gileáde, antiga (e eterna em alguns corações) Betesda Beira Rio, foi marcada por um célebre reencontro de uma geração de jovens que se conheceram há cerca de 9 anos e fizeram história em minha vida.
A Protagonista da noite, Eliziê, para todos nós simplesmente: "Lica",  foi a responsável em despertar a motivação de: Ariadne, Iolita, Milena, Moniza, Aninha, Tenile, Misaele, Helone, Juliana e a minha para voltarmos ao local onde vivemos, sem dúvida, os melhores dias de nossa mocidade.  
Lica emocionou não somente àqueles que viveram alguns capítulos de sua história, mas de todos que se fizeram presente naquela reunião. Seu testemunho levou todos, os citados acima, à uma viajem no túnel do tempo. 

Quanta saudade brotou em meu coração. Qual o valor que tem um amigo? Não dá para mensurar!
Como é doce e amargo voltar ao passado. As paredes pareciam falar e me levavam a todo instante a reviver momentos que marcaram tanto minha vida que até hoje são capazes de arracar lágrimas dos meus olhos. 
Quero falar à vocês, queridos amigos, o quão maravilhoso é amadurecer e perceber o valor de cada encontro. A vida é mesmo assim, pessoas vem e vão.  Cada um de vocês deixaram ricas lições para mim. 
Alguns não estavam lá, mas os que estiverem lendo esse texto e fizeram parte dessa geração sonhadora, sintam-se saudados. 

É incrivel o poder do tempo. Passa e muda sem percebermos deixando muitas vezes somente as lembranças. E quando tudo acabar o que vai prevalecer é o amor, o mais puro amor.
Que vocês nunca esquecem que em um mundo de tanto interesse, existe um tesouro de raro valor. Tudo o que um dia vivemos intensamente não tem preço. Que a UNIÃO seja uma lembrança e um ato a ser repetido, onde quer que vocês estiverem inseridos. 

Lembranças, muitas lembranças...

                   Juninho

" Godofredo Pacheco Arduini Jr.

domingo, 12 de setembro de 2010

PELA FÉ

Pela Fé. Viver pela Fé tem sido meu lema, meu tema, minha bandeira. Exercitar um aprendizado cristão, de toda a infância e adolecência, tem sido ultimamente meu maior desafio.
Exercitar a Fé parece loucura. É nadar contra maré, dirigir na contra-mão, enxergar e caminhar no escuro.
A Fé cristã está descrita em Hebreus como a certeza das coisas que se esperam e a conviccão de fatos que não se pode ver.

Viver pela Fé com certeza é a principal caracteristica do cristianismo. Viver somente de Fé é sem dúvida uma prova de fogo. Um convencimento que se instala em seu coração de forma sobrenatural.
Como posso explicar  tanta certeza e esperança de mudança numa situação totalmente estática? 
Somente a Fé me faz crer em um novo dia. Em um Deus que Foi, É e sempre há de Ser imutável.
Deus é o próprio Pai da Fé. Jamais conseguiria manter por tanto tempo uma certeza tão sólida sobre a areia, o vento ou qualquer outra coisa inconstante. Se durante a noite, que o próprio Deus criou e nos permite viver, não crermos na alvorada, então de que nos vale a vida? Onde mais poderemos encontrar motivação para nos levantar?  

O Deus de Israel, de milagres, misericória e amor é o autor da FÉ que ainda se mantém viva em meu ser. Mesmo eu não vendo, mesmo tudo parecendo tão distante ou praticamente impossível. A Fé me faz crer, me faz viver e acreditar em um novo dia. 

Senhor Jesus:
Neste espaço ainda contarei teus grandes feitos. Firmado estarei e sempre esperarei.

Godofredo Pacheco Arduini Jr.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

AS FONTES DO AMOR

                                                                          


As Fontes do Amor, de Ana Paula Valadão, é um CD que nos inspira a reconhecer a importância daqueles que fazem parte da nossa vida com amor.
Deus é amor e como uma das fontes desse sentimento Ele constituiu a familia. Célula da sociedade, primeiro grupo social do homem, escola de primeiros passos emocionais e sentimentais. 
Como alguns já sabem, gosto de qualidade intensa e profunda em tudo. Por isso vim recomendar aos meus leitores que escutem e meditem nas letras de cada música. Com certeza pessoas especiais irão surgir no seu coração, a cada faixa ouvida.

Se algum dia quiserem retribuir em forma de canção (melodia dos sentimentos) o seu amor pelo, CÔNJUGE,FILHO, MÃE, PAI, IRMÃOS e AMIGO, fica aqui a dica.
Neste CD você pode encontrar uma música para cada um desses que ocupa um lugar especial em seu vida.  

É de amor que o mundo precisa, é de amor que se alimenta o nosso coração.

Lembrem-se: Todas as fontes do amor encontramos em Jesus.

Abaixo segue o link do site www.4shared.com para você baixar as músicas deste CD:



Godofredo Pacheco Arduini Jr.
    "mais apaixonado por Jesus"

domingo, 15 de agosto de 2010

BUSCAREI.

No Salmo 27.8 o salmista Davi expressou: " ao meu coração me ocorre: buscai a minha presença. Buscarei pois Senhor a Tua presença".


Inúmeras vezes, ouvimos o mesmo chamado, ouvimos a mesma voz, nos ocorre ao coração o doce Espírito Santo dizendo: buscai a minha presença!
Infelizmente a correria do dia a dia, as infinitas tarefas, o barulho do trânsito e todos os ruídos deste mundo nos impedem de ouvir esse chamado tão especial e mais importante que qualquer atividade.
Ouvir a voz de Deus exige silêncio. Falo do silêncio da alma, do seu interior. Quando estamos agitados, inquietos e falando, falando e falando, não há como ouvirmos esse maravilhoso convite: buscai a minha presença.
As vezes até ouvimos, mas estamos tão preocupados e ansiosos em encontrarmos a solução para nossos problemas que pecamos ao desprezar esse chamado. Dizemos: deixa pra depois, agora não, não tenho tempo, etc. Veja o que Davi respondeu: buscarei pois Senhor a Tua presença. Essa sim é a resposta que agrada o coração de Deus. Essa é a resposta que nos leva a experimentar o que jamais encontraremos nas coisas deste mundo. Por mais que nos esforcemos. 
Quando paramos, escutamos e respondemos: buscarei; estamos dando um enorme passo para uma viajem emocionante nas Asas do Espírito.
Quero, com isso, apenas compartilhar a delícia de ouvir a voz de Deus e a sede que sentimos quando nasce no coração o desejo e a curiosidade de descobrirmos essa Presença quase paupável . 


Pare um pouco... cale-se... silencie... e ouça o que está escrito no Salmo 27.8 e responda:
buscarei pois Senhor a Tua presença.
Tenho certeza que, assim como eu, você terá muitas experiências para compartilhar.

canta Ana Paula Valadão:
" em tua presença sou fortalecido, em tua presença é onde quero estar, buscando tua face, tocando tua Graça".


Godofredo Pacheco Arduini Jr

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

E NOSSOS SONHOS?.

É muito interessante! desde muito cedo nossos corações são recheados de desejos a serem relizados. Obviamente sempre desejamos o que nao temos e normalmente o que seria aos nossos olhos muito dificil de possuir. Sonhar é essencial. Precisamos ter essa motivação para continuar. Fazer desses sonhos não realizados um combustivel que nos impulsione na curta-longa estrada da vida. Sonhar é vital, é saudável, dizem até que não se paga para sonhar. Exceto quando conhecemos a frustração. Quando tentamos, tentamos e não conseguimos. Quando as portas se fecham, quando não há mais o que fazer. Nos vem uma tristeza na alma que nos faz pensar em desistir de sonhar.
Mas é possivel não sonhar? Será que conseguimos viver sem os nossos sonhos?
Ainda há também outra questão muito intrigante. Perseverar ou mudar de direção? Quando tentamos várias vezes e não obtemos êxito, o que será?: um aviso do destino que estamos querendo algo que não é para ser (estamos dando murros em ponta de faca) ou a vida querendo provar através da nossa insistência se realmente queremos?


Qual sua opinião?


Devemos perseverar sem cessar ou abrirmos os olhos e mudarmos o alvo?


Agora quero a sua participação!


Godofredo Pacheco Arduini Jr.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

O PATINHO FEIO não era feio.

Tenho uma prima linda com apenas 3 anos de vida, que em uma bela tarde trouxe-me seus livrinhos encantados pedindo-me para ler a velha  história do PATINHO FEIO.
Com isso percebi que a história era a mesma que conheci em minha infância, mas meu ponto de vista tornou-se bem diferente. Através deste momento infantil quero
Compartilhar:
Ao ler novamente, após anos, sobre O Patinho Feio, voltei ao passado e fiz um link com a realidade da vida adulta. Se por algum motivo você não se recorda da história, lhe aconselho a consultar este livrinho e então irá perceber que em algum momento este mundo vazio já fez de você um patinho feio.
Perceba que o patinho da história não era feio, ele era apenas diferente. Qualquer semelhança com sua realidade é mera coincidência. O pobrezinho sofreu a discriminação, rejeição, piadas de mal gosto, provou da solidão e o pior de tudo, sem saber como se defender. Como pode algum ser, conseguir tal proeza quando ainda vive-se na inocência da infância e sem condições de discernir a verdadeira razão de total desprezo?
Com certeza esse sofrimento foi vivido com a esperança de uma futura resposta. E esta um dia chegou!
Ah! com certeza um dia a tão sonhada resposta vem .
Depois de ter fugido de sua suposta familia, crescer e ter encontrado seu verdadeiro lugar, o chamado "patinho feio" descobriu que era um lindo Cisne. Ou seja, em termos de beleza a espécie supera qualquer belo Pato. Sendo que, quando o "patinho feio" se viu entre os outros da sua verdadeira espécie, passou a sentir-se melhor não porque percebeu que era "bonito" mas porque estava entre seres iguais a ele. Quando se estar entre os iguais, a aceitação é bem mais favorável. É simples. Pare e pense.:. na verdade ele havia sofrido não por ser "feio" mas por não se perceber naquele ambiente.


Mas onde quero chegar com tudo isso?


Na ignorância das pessoas que julgam precocimente. Na intolerância com aqueles que não se encaixam no "padrão."  Naqueles que não enxergam a beleza da diversidade do comportamento. Na ausência de aceitação pelo grupo maior em que se estar inserido.
Precisamos aprender no mínimo a nos questionar sobre o tratamento adotado para com aqueles que fogem do padrão. E que na maioria das vezes, interiormente são lindos Cisnes mas que são vistos como patinhos feios.

Coitado dos tantos patos comuns que existem por ai. Lutando para se destacar de alguma forma. E que sem  êxito, apelam na fracassada tentativa de diminuir aqueles que geneticamente são a evolução da espécie. Os Patos comuns camuflam a inveja dos lindos Cisnes que são sempre a minoria simplesmente porque são raros, praticamente em extinção.
Quantas vezes você foi incompreendido, julgado e desprezado por pensar diferente? 
Pior! achando-se errado e inferior.
Quem sabe você não estar no lugar errado? no grupo errado? ou no mundo errado? 
Um dia aqueles que não alcançaram sua idéias perceberão a beleza que há em você. Se por algum motivo você fugiu de algum lugar e resolveu isolar-se, saiba que um dia poderá olhar para o lago e enxergar um ser superior, maior e mais forte. O passar do tempo lhe fará perceber que o problema não é exatamente você e sim o lago em que você se encontrava era inferior e incapaz de lhe proporcionar o espaço necessário para abrigar o seu tamanho. 
Parabéns à natureza que na sua riqueza e perfeição construiu um habitat natural para toda e qualquer espécie. Encontre o seu lugar. O seu verdadeiro lago. Lembre-se: o patinho feio pode não ser pato e sim um lindo cisne.


canta Paulo Ricardo:


"e de repente as coisas mudam de lugar e quem perdeu pode ganhar".
  
Godofredo Pacheco Arduini Jr.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

FAMÍLIA BRASIL

Recentemente o país do futebol sofreu a decepção do desempenho da péssíma seleção de "craques". E os "melhores jogadores do mundo" não honraram o título e a fama. Foram milhares e milhares de brasileiros que interromperam suas atividades cotidianas para torcer pela seleção canarinho. Afinal vivemos em um país conhecido por sua alegria e suas inúmeras festas. Não importa a situação financeira, econômica, política ou etc etc. O que importa é se divertir, pular, gritar, dançar e ser feliz. Reflexo de uma história de mais de 500 anos. Um povo que sempre sofreu represão, engano e privações, é natural que queira extravasar as emoções e o cansaço na primeira oportunidade de festejar. Mas desta vez, não foi possível se alegrar ,como todos esperavam, com a conquista de mais uma copa do mundo. Foram lágrimas, críticas, discussões e debates. Mas enfim... aqui é um lugar de COMPARTILHAR e não uma coluna política. 
Por isso estou aqui para dividir com vocês mais uma lição de vida:

Na praia de iracema, assim como em todo Brasil, a multidão de torcedores se reuniram em frente aos telões e eu estava lá. Sou brasileiro e sem comentários. Não me canso de observar o comportamento deste povo e a capacidade de superar suas dificuldades. Com apenas um clique, pude registrar o que na minha frente fez-me refletir sobre como encarar as perdas e dificuldades do jogo da vida:

Meus amigos! em plena multidão esta familia encontrou a oportunidade de compartilhar seu alimento.
Ainda no seio do lar a pipoca pulou o que os brasileiros não consiguiram pular. O aluá feito com tanto carinho foi servido em copos descartáveis! Claro! vidro poderia acarretar algum acidente. As crianças não tinham adereços como bandeiras, cornetas ou qualquer outra coisa. Pois tudo isso tem um custo que nem todos podem arcar. Mas isso é compartilhar. Sentar em círculo significa estar em grupo, dividir, trocar idéias. A situação acima me fez lembrar o que o apóstolo paulo diz sobre saber se alegrar em toda e qualquer situação. Sim, digo isso porque estava lá.  Infelizmente não pude fotografar as risadas e a satisfação por estarem ali! e o mais interessante é que outras pessoas usufruíram daquele banquete. Sim, outros torcedores com toda educação típica do brasileiro se voluntariaram a participar deste momento tão familiar.


Não importa a situação,


já cantou Ivete Sangalo:


"e vai rolar a festa, vai rolar, o povo do gueto mandou avisar"




Godofredo Pacheco Arduini Jr.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

RELIGIOSIDADE - EU DIGO NÃO!

O texto abaixo, de um Pastor Evangélico, refere-se ao episódio envolvendo os jogadores do Santos numa visita ao Lar Espírita Mensageiros da Luz, que cuida de crianças com deficiência cerebral, para entregar ovos de Páscoa.
Uma parte dos atletas, dentre eles, Robinho, Neymar, Ganso e Fabio Costa, se recusou a entrar na entidade, e preferiu ficar dentro do ônibus do clube, sob a alegação de que eram evangélicos e não entrariam num local fundado e dirigido por Espíritas....apesar de que, em função do vexame, acabaram voltando.


Vale ler o texto:


Os meninos da Vila pisaram na bola, mas prefiro sair em sua defesa. Eles não erraram sozinhos. Fizeram a cabeça deles. O mundo religioso é mestre em fazer a cabeça dos outros. Por isso, cada vez mais me convenço que o Cristianismo implica na superação da religião, e cada vez mais me dedico a pensar nas categorias da espiritualidade, em detrimento das categorias da religião.
A religião está baseada nos ritos, dogmas e credos, tabus e códigos morais de cada tradição de fé. A espiritualidade está fundamentada nos conteúdos universais de todas e de cada uma das tradições de fé.
Quando você começa a discutir quem vai para céu e quem vai para o inferno, ou se Deus é a favor ou contra a prática do homossexualismo, ou mesmo, se você tem que subir uma escada de joelhos ou dar o dízimo na igreja para alcançar o favor de Deus, você está discutindo religião.
Quando você começa a discutir se o correto é a reencarnação ou a ressurreição, a teoria de Darwin ou a narrativa do Gênesis, e se o livro certo é a Bíblia ou o Corão, você está discutindo religião.
Quando você fica perguntando se a instituição social é espírita kardecista, evangélica, ou católica, você está discutindo religião.
O problema é que toda vez que você discute religião você afasta as pessoas umas das outras, promove o sectarismo e a intolerância. A religião coloca de um lado os adoradores de Alá, de outro os adoradores de Yahweh, e de outro os adoradores de Jesus. Isso sem falar nos adoradores de Shiva, de Krishna e devotos do Buda, e por aí vai. E cada grupo de adoradores deseja a extinção dos outros, ou pela conversão à sua religião, o que faz com que os outros deixem de existir, enquanto outros, e se tornem iguais a nós, ou pelo
extermínio, através do assassinato em nome de Deus, ou melhor, em nome de um deus, com d minúsculo, isto é, um ídolo que pretende se passar por Deus.
Mas quando você concentra sua atenção e ação, sua práxis, em valores como reconciliação, perdão, misericórdia, compaixão, solidariedade, amor e caridade, você está no horizonte da espiritualidade, comum a todas as tradições religiosas. E quando você está com o coração cheio de espiritualidade, e não de religião, você promove a justiça e a paz. Os valores espirituais agregam pessoas, aproximam os diferentes, fazem com que os discordantes no mundo das crenças se dêem as mãos, no mundo da busca de superação do sofrimento humano, que a todos nós humilha e iguala, independentemente de raça, gênero, e inclusive religião.
Em síntese, quando você vive no mundo da religião, você fica no ônibus.
Quando você vive no mundo da espiritualidade, que a sua religião ensina – ou pelo menos deveria ensinar, você desce do ônibus e dá um ovo de páscoa para uma criança que sofre a tragédia e a miséria de uma paralisia mental.


Ed René Kivitz, cristão, pastor evangélico, e santista desde pequenininho.


EU GODOFREDO ARDUINI ASSINO EM BAIXO. PARABENIZO AO PASTOR RENÉ KIVITZ PELA VISÃO DE CRISTO, INTELIGENCIA, E PELO NÃO SUPERFICIALISMO. 


E VOCÊ, O QUE PENSA? 

quinta-feira, 15 de julho de 2010

EU RECOMENDO - YPARK

O Y-PARK é uma excelente opção para quem gosta de aliar cultura, aventura, conforto e tranquilidade concomitantemente. Possui uma excelente estrutura física, atendimento e uma grande variedade de lazer para todos os gostos.
Você ainda tem a opção de escolher entre a entrada individual ou o pacote completo de aventura. Com a incrível e rara vantagem de não pagar o estacionamento e para maior comodidade, o local dispõe de armários guarda-volumes sem nenhuma cobrança adicional.
Localizado no município de Maranguape, a 30 Km de Fortaleza, pude encontrar em um só lugar:
                                                        
                                                             PASSEIO DE CAIAQUE:


BIKE


PEDALINHO


ESCALADA


TIROLESA


GIROMASTER


CHARRETE


E muito mais! O Y-PARK funciona de terça a domingo no horário de 8:00 às 17:00hs.
Maiores informações no site: http://www.ypark.com.br/

Eu recomendo

Godofredo Pacheco Arduini Jr.                 

terça-feira, 6 de julho de 2010

Oportunidade X Experiência

Neste momento gostaria de compartilhar um pouco sobre: Mercado de trabalho.
Sei que essa questão pode ser um pouco antiga, mas até agora nada mudou. Deste muito cedo já ouvia comentários do tipo: Como posso ter experiência se não tiver oportunidade? Concordo que não há melhor forma de aprendizado a não ser a vivência. Infelizmente não vivemos o mundo das empresas nas universidades. Mas será justo dedicar anos, investir tempo, dinheiro e emoção na construção de uma profissão? Quantos e quantos deixam faculdades no final de cada semestre do ano e experimentam a frustação das portas fechadas? Quantos e quantos talentos não estão sendo aproveitados e desenvolvidos por falta de oportunidade (pelo preconceito da idade ou do nome da instituição de ensino)? 
Onde estão os verdadeiros profissionais de RH que não atentam para o futuro ou para o investimento?
Cadê esses selacionadores tão "competentes" que não conseguem identificar competências escondidas na ausência da bendita experiência?
Será a experiência um fator tão decisivo assim? O que seria então de grandes artistas ou grandes empresários, hoje, se estes não tivessem tido a chance de mostrar e desenvolver seus talentos?
Por favor alguém me responda: Como obter experiência se todos só dão oportunidade para aqueles que já são experientes? e como os experientes conseguiram ser experientes? COMO?

canta Cazuza:

" não me convidaram para esta festa pobre que os homens armaram pra me convencer"
Godofredo Pacheco Arduini Jr.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Saudade!

Só em pronunciar a palavra, já podemos sentir a dor que ela nos causa no peito. Alias só sentimos saudades de coisas boas. Do que nos fez sofrer ou nos causou algum dano a palavra é Alívio. Mas o alivio da saudade é uma  questão que homem algum consegue com as próprias forças.
Saudade é um sentimento amargo. Um dos poderosos sentimentos capazes de maltratar o nosso pobre coração. Juntamente com a dor e a ausência que alguém nos causa, precisamos de muita força interior e equilibrio emocional para suportar. Como para enfrentar outras adversidades da vida. Mas no caso da Saudade o unico auxílio eficaz vem do Ser maior, o Ser supremo que é capaz de sondar nossos coraçãos. Deus é o unico capaz de nos ajudar a suportar a dor e a angustia da perda quem tanto amamos. 
Tenho absoluta certeza de que o tamanho desse dor chamada Saudade é o mesma do amor que sentimos.
Quando amamos verdadeiramente inconcientemente existe em nós a eternidade. Acreditamos que será para sempre, que o amor jamais acabará, assim como a dor da falta que ele nos faz.
Apenas quem ama sente isso. Apenas quem valoriza o amor e acredita que ele jamais acaba sabe o que significa SAUDADE.

Canta Chico Buarque:

Oh, pedaço de mim
Oh, metade adorada de mim
Lava os olhos meus
Que a saudade é o pior castigo
E eu não quero levar comigo
A mortalha do amor

( indicação do grande: George Facundo e seu mundo profundissimo)
Godofredo Pacheco Arduini Jr.